prosex logo alta

Masturbação feminina: por que ainda é um tabu?

 

Em pleno 2023, a masturbação feminina é um tema que, infelizmente, ainda é cercado de tabus e preconceitos. Por muito tempo, esse direito de obter o prazer sozinha ficou recluso da vida das mulheres, já que não era agradável aos olhos da sociedade patriarcal, que condenava a prática a todo custo. Atualmente, mesmo com o maior acesso às informações, muitas mulheres acabam esbarrando nos antigos preconceitos e deixando de se masturbar por medo de serem julgadas: segundo pesquisa realizada pela Universidade de São Paulo (USP), cerca de 40% das mulheres brasileiras nunca se masturbaram.

+ Existe assédio virtual? Entenda melhor sobre isso!

Além das questões sociais, diversos especialistas acreditam que as questões anatômicas também influenciam o fato de a masturbação feminina ser menos comum do que a masculina, já que o acesso ao pênis é mais fácil do que ao clitóris ou à própria vagina. Desde cedo, homens são incitados a se tocarem e apreciar o sexo oposto, o que não acontece com as meninas, que são educadas para serem reservadas, pudicas e não manifestarem desejos sexuais, muito menos se tocarem para obter prazer.

Quando falamos em masturbação e orgasmos, estamos falando em muitos benefícios para a sexualidade e também para a saúde da mulher: alívio do estresse, melhora da libido, prevenção da incontinência e diminuição da intensidade dos sintomas da TPM e das cólicas menstruais, entre muitos outros. É preciso que o autoconhecimento sobre o corpo esteja inserido na rotina da mulher, defendem os sexólogos e especialistas, que também relatam que a prática ajuda a garantir mais prazer nas relações sexuais, inclusive combatendo possíveis dores que ocorrem com o contato íntimo.

+ Conheça a linha completa da Prosex: seis opções para um prazer indescritível

É importante lembrar que não existe receita para a masturbação ideal: dicas da internet, livros e até mesmo conselhos das amigas podem servir como estímulos para começar, mas é preciso compreender que cada mulher é única. Ou seja, o que funcionou com alguém, não necessariamente irá funcionar com você, pois a estimulação é algo particular. Existem diversos produtos e acessórios que ajudam a alcançar o prazer feminino, como vibradores e cremes, muito úteis para quem possui dificuldade de chegar ao orgasmo apenas com o estímulo dos dedos.

+ Preliminares: a parte crucial do sexo!

Conhecer o próprio corpo e redescobrir as formas de se obter prazer representa o empoderamento da mulher, a liberdade sexual feminina e também uma maior atenção com o corpo. Se o assunto masturbação ainda é tabu para você, busque informações com profissionais como ginecologistas, sexólogos e especialistas da área — afinal, cuidar da vida sexual também é cuidar da saúde!

+ Tamanho de camisinha importa sim! Vem entender o porquê!

Prosex: preservativos com máximo conforto e segurança

 

Conheça mais sobre a Prosex e entenda que camisinha não é tudo a mesma coisa. Faça o teste na prática e sinta a diferença! Aqui, somos movidos pelo prazer — acesse o site da Prosex clicando aqui e descubra mais sobre essa novidade que vai trazer ainda mais prazer e proteção para seus momentos íntimos.